segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Feliz ano novo!



2017 foi o primeiro ano, em muito, mas muito tempo mesmo,  que passei os 365 dias inteirinhos sem fumar. A última vez que atingi essa marca eu deveria ter uns 14 anos... ou seja, além de quase duas décadas sem esse feito, foi a primeira vez na vida adulta que fiz isso! Vejam só, novos recordes!

Chegará o dia em que eu olharei tudo isso por um outro ângulo, aquele do "nossa, que bizarro, eu fui fumante um dia!", vamos acompanhar.

Tenho recebido muita mensagem do pessoal que iniciou a resolução de ano novo e parou de fumar na virada, ou então decidiram que 2018 é o ano decisivo e estão naquele momento de tomar coragem para o grande dia.

Fico feliz quando leio os comentários e os relatos. Estou alguns meses na frente, mas acredito que nunca vou esquecer como foi esse processo para mim, por isso me emociono quando leio os relatos alheios. Sei como o começo é difícil, lembro direitinho os receios, angústias e toda a confusão interna que o parar de fumar pode causar. Desejo a todos vocês força! Aguentem firme! Resistam! Acreditem em mim, esse início horroroso vai passar e as recompensas da vida sem fumo são tantas e tão gostosas de se sentir!

Já disse inúmeras vezes que eu não sou e nem pretendo me tornar a ex-fumante chata que tenta convencer o mundo a parar de fumar, mas por outro lado fico tão feliz quando vejo alguém tomar essa decisão. A vida muda para muito melhor sem o cigarro e por isso comemoro! Eu gosto de ver a felicidade alheia, por mais síndrome de Pollyana que isso possa ser.

Sejam bem vindos ao mundo dos cheirosos, força nessa luta pessoal!

Um feliz 2018 para os atuais e futuros ex-fumantes e para os nunca fumantes também, que sei que acompanham esse blog!

Vamos que vamos! Até a próxima pessoal!



3 comentários:

  1. "Tenho recebido muita mensagem do pessoal que iniciou a resolução de ano novo e parou de fumar na virada, ou então decidiram que 2018 é o ano decisivo e estão naquele momento de tomar coragem para o grande dia."

    É o meu caso. Decidi que desse ano não passa. No dia 05/02, depois de terminar de ler o livro do Allen Carr, parei de fumar. Tive duas recaídas desde então, onde dei alguns tragos (não fumei os cigarros inteiros), mas depois me segurei bem. Espero conseguir parar. Estou bem no ápice desse momento que você descreve... "lembro direitinho os receios, angústias e toda a confusão interna que o parar de fumar pode causar". Mas estou otimista!

    Obrigado pelas palavras gentis. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafael,
      fiquei muito feliz em receber a mensagem e mais ainda em saber que você levou adiante o seu projeto de parar de fumar! É uma decisão difícil, acredito eu que a parte mais complicada é tomar coragem para parar de fumar. Parabéns pela força!
      O caminho é difícil, mas não é impossível e logo menos você também vai colher os frutos da vida sem fumaça. Estou na torcida!!
      Fique firme, respire fundo e vamos em frente, um dia de cada vez!!!
      Quando puder deixe notícias, vamos comemorar juntos todas as pequenas vitórias da vida de ex-fumante! =)
      Carol

      Excluir
  2. Valeu demais, Carol! Isso mesmo, um dia de cada vez.

    Vou deixar notícias aqui.

    Abraços.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...