segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Sentimento controverso!

Bombardeio de posts... Rs... Mas como eu decidi fazer esse blog em cima da hora, acho melhor eu escrever tudo enquanto tenho tempo, não sei como minha cabeça vai funcionar na abstinência! Mas vamos ao post.
Uma vez eu li um livro que contava a história de uma menina que foi sequestrada e viveu em cativeiro sei lá eu quantos anos. Ela foi sequestrada quando era bem criança e passou praticamente a vida toda em um quarto nos fundos da casa do sequestrador.
Em uma passagem do livro ela narra um episódio em que ela teve a oportunidade de fugir. Ela estava em um supermercado com o sequestrador, quando ele resolveu ir ao banheiro. Ela conta que foi a primeira vez que ela esteve livre, poderia sair correndo, pedir ajuda, seja la o que fosse, mas não o fez. Ela conta, ainda, que muito embora estivesse sofrendo ela teve medo, pois de certa forma o cativeiro era o lugar conhecido dela e muito embora o sonho dela era se livrar daquilo, ela optou pelo sofrimento conhecido.
Claro que não se compara um sequestro com o parar de fumar, mas esse depoimento dela tem muito a ver com o meu projeto. Assim como ela, quantas vezes eu não me vi em situação de correr pela liberdade, mas optei a tortura do fumar, por ser mais prático e conhecido, mesmo sabendo que não me faz bem.
Isso tudo é muito bizarro!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...