segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Último maço de cigarros - o retorno!

Como eu disse por aqui em um outro post, logo quando parei de fumar eu não tive coragem de jogar o maço de cigarros fora. Por todo esse tempo do meu Projeto Parar de Fumar os cigarros restantes e o isqueiro ficaram dentro de uma gaveta na minha varanda. 

Pode parecer loucura, mas me tranquilizou muito saber que eles estavam ali o tempo todo. Quando tabagista eu tinha verdadeiro pavor de ficar sem cigarros e esse mesmo pânico me veio quando fui jogar tudo fora no meu primeiro dia sem fumar. Resolvi deixa-los guardados, achei melhor assim.

Durante o último ano, enquanto eu lutava contra o vício eu sabia que a fonte de todos os meus problemas - e solução rápida para a fissura - estava há alguns passos de mim na minha própria casa. Admito que foram diversas as vezes que eu abria a gaveta e encarava ele. Não tinha coragem de me aproximar, muito menos de segurar a caixinha. Analisando, hoje acho bastante perigoso esse meu método bizarro. Onde eu estava com a cabeça?!

Enfim, passado o primeiro ano sem fumar, dia desses fui lá na gaveta, encarei o maledeto e pela primeira vez encostei naquilo. O movimento de abrir a caixinha e pegar um cigarro com uma mão só foi bem automático (anos de prática também, né?). Olhei para aquela situação e fiquei a pensar em como que aquilo, que parece inofensivo, pode ser tão devastador para a saúde a para o psicológico de uma pessoa. 

Sessão de fotos: vivendo perigosamente! 

Em nota: eu não sugiro isso que eu fiz para ninguém. Se quiser cada um por sua conta e risco!!                      

Eu não sei se terei coragem de acender um cigarro novamente e pelo menos por essa experiência, onde eu estava com tudo na mão para ir em frente, eu não tive vontade nenhuma de fumar. Eu tenho tanto medo de ter que passar pelo parar de fumar de novo que só de pensar em acender um cigarro eu fico bastante tensa. Por outro lado, não vamos dar sorte ao azar, né? Ficar segurando o cigarro e o isqueiro é muito perigoso para uma recém ex-fumante.

Guardei de volta tudo na gaveta e achei melhor deixar quieto, não vou mais mexer nisso. Até o fim do ano eu me mudo de casa e vai ser na hora da mudança que eu colocarei um ponto final nisso. Ele ficará para trás nessa minha casa, assim como a minha versão tabagista. Só que a história da mudança é assunto para um outro post! 

Até a próxima pessoal!!

4 comentários:

  1. Kakão sempre vivendo perigosamente! ;)

    ResponderExcluir
  2. Depois de 40 dias sem fumar, resolvi experimentar qual seria a sensação. Foi horrível!!! Passei muito mal, minha pressão caiu, fiquei com tontura e ânsia. Ainda bem, pois isto me deu mais certeza ainda do que eu não quero nunca mais pra minha vida!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que coragem e que arriscado, hahaha nossa!! Acho que é a sensação que a gente tem quando fuma a primeira vez, né? É tão horrível... pena que insistimos tanto no erro! Que bom que o teste não deu em recaída, parabéns pela determinação!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...